15 dias

Teste Grátis

DRE significa Demonstrativo de Resultado do Exercício, ou Demonstração dos Resultados no Exercício do mês de uma empresa.

O DRE consiste em apresentar em formato de planilha todos os resultados decorrentes do exercício mensal de uma empresa. É nele que é sintetizado todas as entradas e saídas de forma agrupada, que gera ao final do documento o resultado, seja ele positivo ou negativo.

Se uma empresa quer saber o seu lucro bruto e lucro real, ou o seu prejuízo, é no DRE que essas informações são demonstrada.

Quer saber em detalhe o que é o DRE e como montar um? Continue lendo.

  1. DRE: O Que é e para que serve
  2. Como Fazer um DRE
  3. Como Usar o DRE na empresa
  4. O que é balanço patrimonial?
  5. Conclusão
DRE: O Que é e para que serve

DRE: O Que é e para que serve

DRE: O Que é e para que serve

Demonstrativo de resultado do exercício é um documento em forma de planilha que apresenta todos os dados como:

  1. Receita Bruta
  2. (-) Deduções e abatimentos
  3. (=) Receita Líquida
  4. (-) CPV (Custo de produtos vendidos) ou CMV (Custos de mercadorias vendidas)
  5. (=) Lucro Bruto
  6. (-) Despesas com Vendas
  7. (-) Despesas Administrativas
  8. (-) Despesas Financeiras
  9. (=) Resultado Antes IRPJ CSLL
  10. (-) Provisões IRPJ E CSLL
  11. (=) Resultado Líquido.

No DRE apresentado uma síntese dos resultados operacionais e não operacionais da empresa.

Realizado no formato gerencial, projetando o crescimento, custos, modelo fiscal, impostos e taxas recolhidas durante todo o ano.

Como Fazer um DRE

Como Fazer um DRE

Como Fazer um DRE

Segue um formato passo a passo de como deve ser um DRE. Vamos mostrar um modelo simples, pois não existe um único modelo, tudo depende do tamanho e da atividade de uma empresa.

Esse guia vai lhe ajudar os dados básicos que um relatório precisa ter. O ideal que sejam colocados em uma planilha como mostramos na imagem mas abaixo.

  1. Indique a Receita Bruta de Vendas, ou seja, o valor faturado pela empresa no período.
  2. Indique o valor das Deduções das Vendas, que são os impostos que incidiram nas vendas ou nos serviços prestados, como ICMS e PIS/Cofins.
  3. Subtraia as Deduções das Vendas (passo 2) da Receita Bruta de Vendas (passo 1). O resultado da conta será a Receita Líquida de Vendas.
  4. Indique o Custo do Produto Vendido (se for o caso, substitua produto por serviço).
  5. Subtraia o Custo do Produto Vendido (passo 4) da Receita Líquida de Vendas (passo 3). Você obterá o Resultado Bruto.
  6. Liste, de forma detalhada: Despesas Operacionais, Despesas Administrativas e Outras Despesas (salários, Previdência Social, aluguéis, depreciação de bens, etc.).
  7. Liste, de forma detalhada, os valores referentes a Outras Receitas (por exemplo, as receitas em equivalência patrimonial).
  8. Liste, de forma detalhada, as Despesas Financeiras (gastos com IOF, juros etc.).
  9. Liste, de forma detalhada, as Receitas Financeiras (juros recebidos, ganhos com variações monetárias, etc.).
  10. Do valor do Resultado Bruto (passo 5), subtraia as despesas (passos 6 e 8) e some as receitas (passos 7 e 9). A contará dará o Resultado Antes do IR/CSLL.
  11. Indique o valor do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido.
  12. Do valor apurado no passo 10, subtraia os tributos indicados no passo 11. Você chegará ao Resultado Líquido do Exercício, que tanto pode ser o lucro a ser distribuído entre os sócios e acionistas como o prejuízo a ser abatido nos próximos exercícios.

DRE Demonstrativo de Resultado do Exercício

Esperamos que tenha gostado das dicas de como fazer o DRE e do exemplo apresentado. Se você quer ter mais dicas de como ter um DRE na sua empresa, continue aproveitando a leitura.

Como Usar o DRE na empresa

Como Usar o DRE na empresa

Como Usar o DRE na empresa

Com o DRE montado, você pode identificar por exemplo possíveis gargalos de produção, e também oportunidades para melhorar a aplicação dos seus recursos.

Se você utilizar uma fórmula para cálculo de Lucro ou RSV, consequentemente poderá orientar a sua as atividades das sua empresa com base nos resultados obtidos.

Veja como fazer o cálculo de lucro.

RSV = Lucro Líquido/Receita Total x 100

Imagine que uma empresa registrou uma Receita Total de R$ 80 mil. Subtraídos os custos e impostos, o Lucro Líquido registrado seria de R$ 15 mil.

RSV = 15/80 x 100

RSV (ou Margem de Lucro) = 18,75%

Portanto, para cada R$ 100,00 vendidos, sobrará para a empresa R$ 18,75.

Esse é apenas um exemplo das inúmeras as possibilidade de uso de um DRE numa empresa.

O que é balanço patrimonial?

O que é balanço patrimonial?

O que é balanço patrimonial?

O Balanço Patrimonial é a demonstração contábil com o objetivo de evidenciar, de forma qualitativa e quantitativa, dentro de um período, a posição patrimonial e financeira de uma empresa.

Nesse tipo de documento, é mostrado toda situação patrimonial, ou seja, bens, direitos e obrigações de uma empresa.

No entanto, é possível também identificar todas as movimentações de investimentos e as suas fontes de recursos.

Com o balanço, conseguimos ter:

  • Uma posição patrimonial da empresa e conhecer todos os bens, direitos e obrigações em determinado período;
  • Compreender quais as fontes de recursos para os investimentos da empresa;
  • Comparar a sua evolução para o planejamento e ações futura;
  • Identificar informações de pagamento de dividendos aos sócios da empresa;
  • Elaboração do Planejamento Tributária da Empresa;
  • Fornecer informações valiosas para as partes interessadas da empresa;

Conclusão

Entender e compreender as nuances de se ter um DRE bem estruturado numa empresa, é o primeiro passo para trilhar um caminho de sucesso e duradouro de uma organização.

Desenvolver um DRE que complemente as informações financeiras, contábil e investimentos gerais, é apenas o começo para conseguir alcançar os resultados esperados de um plano de negócio.

Além de criar, é preciso dar manutenção. Enxergar aquilo que os concorrentes não estão vendo, para se tornar competitivo e sair na frente do mercado.

Um DRE capaz de demonstrar como está a saúde financeira de uma empresa, e serve como instrumento contábil para identificar como estão os seus resultados.

Fazê-lo é muito mais que entendê-lo. Portanto coloque a mão na massa e comece hoje mesmo a desenvolver o seu DRE

+R$ 220

milhões faturados anualmente

+1.600

usuários ativos

+28 anos

ajudando PMEs

Fale com nossos especialistas

Vamos conversar? Podemos avaliar juntos a sinergia do B15 com seus processos!

Tirar dúvidas